04 setembro 2013

Cavalheiros que não encontramos por aí

Ao sair da aula de flauta, encontro uns amigos numa rodinha no Hall que dá acesso ao elevador. Cumprimentei um desconhecido que é amigo do meu amigo e assim, fomos embora. Até a estação do metrô muito papo rolou ( essa frase até rimou kk). Rimos muito, ele toca viola e o professor dele se chama Alejandro, logo me lembrei daquela musica da Lady gaga. Eu toda palhacinha não perdi a piada.

_Ha.. você faz aula com o Ale Ale Alejandro;  Ale Ale Alejandro?
Como 3 imbecis, rimos muito.
 Meu amigo pegou o metrô em outro sentido e eu prossegui a viagem com esse recém conhecido. Eram por volta das 19:47 não estava tão cheio. Entrei no vagão.Olhei pra cima a barra é muita alta, olhei pros lados, não tinha onde eu segurar.

 Por ser alto, se segurou tranquilamente na barra de cima. Olhei pra cima e disse pausadamente. " Eu ti invejo muito por isso". Ele sorriu, e como um cavalheiro tímido me ofereceu o braço com cortesia. 
_ Pode segurar em mim.
 Eu fiquei sem graça, nunca em toda minha existência alguém tinha feito isso por mim, ainda mais um recém conhecido. Claro que o aceitei, fomos conversando, rindo espontaneamente.Cheguei na minha estação, perguntei o dele (agora não lembro) e ele o meu. 
 Foi prazer ti conhecer!

11 comentários:

Yasmin Baltazar disse...

Sabe todo mundo é mais que eu, então sei bem como é isso.
Bj

Xisdê disse...

Por isso eu ando de onibus sentadaaa! Ai nao tenho problemas com equilibrio! Hahaha!

Bjo

Cristiano disse...

Ah o metro... volta e meia alguém segura em mim. e o pior q sem eu oferecer. :)

Layanne Eduarda disse...

Nuuuus quanta rima!
hehehe

Que fofo <3

Priscilla Way disse...

Deve mesmo ser inspirador andar de metrô. Eu só ando de ônibus e as minhas inspirações são: vendedor de bala pedindo pra eu comprar o lancezinho sem eu ter dinheiro,gente com axila suada e alguém gritando: "Motorista,vai mais devagar que você num tá levando jumento nao!"

Isso é sério.

Vinnië Rodrigues disse...

Fiquei imaginando a cena, da senhora tentando segurar o apoio aereo rs... Mas que bom que o recem conhecido te ajudou, não consigo imaginar alguém não fazendo isso que ele fez. Hasta...

Dan disse...

Onde moro nem tem metrô, só ônibus e mesmo sendo um pouco baixo eu consigo alcançar hahah, mas evito sempre andar em pé, pois ando caindo até sentado, imagine em ônibus lotado, sem poder me mexer hahha

Dama de Cinzas disse...

Era um problema que eu gostaria de ter.... rsrs. Adoraria ser baixa, não suporto ser alta. Mas confesso que alcançar coisas é a única coisa legal que vejo em ser alta... rs

Beijocas

Jeice Way disse...

Mais que fofa essa história!!! gostei dos seu textos ♥

Japona .* disse...

que bom que gostou nathy :DD

nossa, história legal! eu sempre sofro por ser baixinha, ainda mais em ônibus, deus, como sofro ahauhauh, mas que gentil da parte dele :DD

beijinhos :*
japona.mairanamba.com

Dayane Pereira disse...

Eu já tenho a sorte de sempre alcançar as barras, sou alta!
kkk
Meu namorado então que tem quase 2metros, então imagina, não temos problemas com isso.
Eu nem me importo quando alguém baixinho acaba meio que se apoiando em mim pq sei o que essa pessoa está passando sem conseguir se segurar, mas vai de cada um, nem todos entendem :)