01 setembro 2013

Quase chorei

Não sei como agradecer a Layanne do blog Seja livre ... voe. Graças a ela, dei um tapa no visual aqui! Lindo né? Também achei :)

Preciso escrever antes que esse sentimento passe.



























Fui tocar numa ação social  que envolve um núcleo de musica. Chamei um amigo flautista para formarmos um duo. O dia inteiro foi corrido, sai cedo de casa e consequentemente não levei marmita mas meu amigo dividiu a dele comigo :) 

Cheguei 12:30 no conservatório para passar os duos. As 14:00 saímos e fomos assistir uma master class  em outra escola onde ele faz aula também. Saímos no intervalo da master 16:30 e voltamos pro conservatório onde ele teria aula. E aproveitamos para o professor nos ouvir. Saímos 18:10 e o evento estava marcado as 19:00. 

Nunca iriamos chegar ao outro extremo de Sampa em menos de uma hora! Comecei a mandar msg para os organizadores. Disse do meu atraso, me conselharam pegar um táxi quando saísse da estação e depois eles me reembolsariam. Graças a pontualidade brasileira houve atraso de uma hora na abertura do evento! Chegamos lá ás 20:15, um grupo de jovens músicos estavam terminando de tocar.

Estávamos meio tensos, sem aquecer ou afinar...Subimos no palco, na platéia tinha atores, diretores, cantores de mpb, gente que eu já conhecia de vista e outros tenho mais contatos. Me deram espaço me apresentei, falei e nem acreditei que eu soltei aquelas palavras. Meu amigo nem quis falar o nome rs.  Estava emocionada, antes mesmo de tocar. 

Talvez um pouco de nervosismos embutido, mas era emoção. 
Tocamos, erramos coisa besta ninguém percebeu , continuamos a tocar, foi lindo, tudo tao expressivo. Segunda musica, por escolha dele.. Tudo sublime. Não é egocentricidade minha elogiar meu próprio trabalho.

 Independe dos elogios fiz o meu melhor. Foi uma das sensações mais verdadeiras que pude sentir. Olhares atentos, silencio absoluto. Acredito que consegui expor meu sentimento. E eles captaram. 
Impagável!


12 comentários:

NDORETTO disse...

Bem, nós duas já nos conhecemos um pouco pelo que escrevemos e lemos uma da outra. E o comentário, esse aliado, nos aproxima. Gostaria de receber um arquivo com a sua música, a sua execução: olhe meu email:

neusadoretto112@hotmail.com


http://poesiarapida.blogspot.com

ᄊム尺goん disse...

eu fiquei feliz por voc^s. quando a emoção é forte as notas ficam bailando em nossos corações e a gente voa. creio que foi mais ou menos assim lá.


que venham mais e mais solos!


beij0


(ficou clean...gostei tb do layout novo)

Vinnië Rodrigues disse...

Fico feliz por você e entendo bem todas essas coisas que sentiu, e tenho uma boa ideia das coisas que se passa na mente em uma hora dessa. O importante é que se divertiu não se divertir não vale apena, parabéns e que venha mais aprensentações.

Cristiano disse...

Parabéns!!!

Tem vídeo?


:D

Xisdê disse...

Engraçado como as pessoas que são envolvidas com a música, são sensíveis...

Acho que se eu te disser que não escuto música, você me mataria, certo?! ;x Hahaha!

Bjo

Yasmin Baltazar disse...

Eu ainda vou ver você tocando menina!
Sempre vejo suas fotos e fico imaginando como seria assistir a uma concerto.
Bj

Ju Maria disse...

Que bom!!!

Andressa Pereira disse...

Música por si só já emociona pra caramba, quando a gente toca e sente aquele arrepio no corpo então!
Parabénss!!

Identidade Aleatória
Facebook
Era outra Vez Amor

*♡* Jane Dos Anjos *☆* disse...

Quando fazemos algo com o coração, tudo sai perfeito, se vc fez de coração com toda certeza que foi uma das mais belas apresentações que vc fez.
Tô sumida, mas sempre que der passo aqui.
Sacomené?
Bj e queijo

http://www.artesdosanjos.com.br/

Realidade Caótica disse...

Parabéns, caramba deve ser um sentimento único, li um livro que a personagem principal também tocava e falava maravilhas sobre o quanto se sentia ao tocar seu violino, enfim pode ser diferente para cada instrumento, mas acho que quando se toca com amor, é o mesmo sentimento.
Parabéns. Até mais.
http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

Leka disse...

Que bacana! É realmente muito bom quando as pessoas conseguem captar o sentimento que desejamos passar. Quando a música e o sentimento conseguem tocar ao mesmo tempo quem assiste é inesquecível!
Bjs e paz!

Layanne Eduarda disse...

Não precisa agradecer :3

É bom quando sentimos essa emoção e principalmente quando deixamos nos levar pelo momento. É lindo e verdadeiro.