16 janeiro 2017

Ia acabar, mas não desse jeito


Sabe quando a gente quer muito uma coisa e incrivelmente acontece, você já teve isso?
Por mais que você sabe que depois, essa coisa tão almejada não vai fazer bem mais tarde. Mas a gente teima. Acredito que somos desses curiosos ao extremo, gostamos de ver até onde vai. Mesmo tendo a plena consciência que foi feito para acabar.

E o final acontece da forma mais estranha que poderia acontecer. Poderia ter dado certo. Porém dessa vez você usou sua aptidão "cósmica" e fez com que o universo conspirasse contra e  esse fim chegou (claro, você é quase uma mãe Dina).  Sim, você já conspirava contra, sempre esteve pronta para partir. Afinal, quem já ficou de verdade? Por favor, sem dramas. Você não está triste pelo rompimento e sim pela sua futilidade de se levar pelas coisas momentâneas . Tem coisas que são sagradas e precisam ser preservadas  e uma delas é sua paz.

Por mais que bata a cabeça e se arrependa, já foi feito. Tem história para contar.  Porque tudo é aprendizado.

22 comentários:

Natália Oliveira disse...

Ei Xará o/\o
Esse seu texto descreve bem um relacionamento que eu tive. Tava na cara que não ia dar certo e que já não tinha mais amor envolvido, mas a gente teima em continuar tentando, dando murro em ponta de faca e acaba sofrendo mais no final.
Acho que seres humanos não gostam quando as coisas não saem como planejado. E, pro nosso azar (e sorte também), é bem mais provável que as coisas aconteçam de um jeito bem diferente.
Espero que a vida te traga surpresas boas, que compensem essa frustração.
Beijos (e desculpa a demora pra retribuir o comentário)

Bruna Morgan disse...

Isso foi um tapa na minha cara huahua hoje em dia tento desistir da pessoa logo no início, quando sinto que não dará nem um pouquinho certo!

Índia C disse...

É um texto sobre fim de relacionamento, certo? Deve ser por isso q n me identifiquei, já que, com 17 anos nas costas, nunca namorei #ninguémmequer
Mas é um texto bom!

Blog: Skull Minds | Twitter | Tumblr | Pinterest | WeHeartIt
Snap: maisaindia

Camila Faria disse...

Bacana demais o texto Nathalia ~ altamente identificável. :)

Pollyana disse...

Ooi!
Gostei muito do texto, eu já passei por uma situação assim... Gostei muito desta parte em específica: Você não está triste pelo rompimento e sim pela sua futilidade de se levar pelas coisas momentâneas.

Beijos <33.
http://creative--theory.blogspot.com.br/?m=1

HONORATO, Sandro disse...

Boa noite,
Tudo bem ?
Que lindo o texto.
Mas que triste a situação. Entendo, as vezes a gente sabe o que vai dar, mas ficamos cegos e vamos até o final.
Foda :(

Beijão e se cuida
www.rimasdopreto.com

Teorias de Gi disse...

Boa noite :)
As vezes nos auto sabotamos, pregamos peças em nós mesmos...sabemos onde vai dar mas somos teimosos demais para desistir. Mas como voce disse essas experiências nos ensinam, aprendemos dia a dia e claro damos mais um passo para onde devemos realmente ir. Que voce encontre sua felicidade!

Suzete Brainer disse...

Concordo, nada mais sagrado do que a
paz interior.
Sim, a vida é aprendizado constante!...
Ficas bem, querida.
Bjs.

JAN disse...

Oi Nathalia, parabéns pela postagem, menina!

"Por mais que bata a cabeça e se arrependa, já foi feito. Tem história para contar. Porque tudo é aprendizado."
Muita maturidade nesse final, pois crescer dói mesmo.

Abração
Jan

Isadora disse...

Nossa, identifico-me com isso demais. Sou bem dessas que sabe que a coisa não é boa, mas teima em tentar e arriscar. Muitas vezes eu faço as escolhas erradas por impulso (e outras vezes por pensar demais também).
Mas é uma experiência que serve de aprendizado, assim como falaste no final.

Beijos.

Daniella Garcia disse...

"Você não está triste pelo rompimento e sim pela sua futilidade de se levar pelas coisas momentâneas."
Ficou demais essa frase! Gostei bastante do texto, parabéns!!

Beijão,
Desencana mina

Dayane Pereira disse...

Aqui fala a rainha em dar murro em ponta de faca. Em ir até o fim só pra ver como vai ser, mesmo sabendo que vai dar bosta. hehe
Por isso entendo perfeitamente. E bom que você sabe que tudo é aprendizado e leva dessa forma.

Marcelo V. Izquierdo disse...

A gente nunca sabe mesmo o que quer, né. Se sabe provavelmente está enganado rs.

Mas o que sobra mesmo é o aprendizado, :)

Thainá Martins disse...

Acho que a gente nunca sabe de verdade o fim que cada coisa vai ter, não é? Essa é a parte divertida depois que você supera, porque enquanto dói dá vontade de morrer pelo fato do universo ter decidido que não iria acontecer do jeito que a gente queria haha
Nathália, não conhecia o seu blog e estou morrendo de amores pelos seus textos! Sério, é tudo tão delicado e verdadeiro, lindo demais <3
Erro Casual

Gabriela Soares disse...

Essa situação é mega complicada. A gente sabe que não tem futuro mas insiste em tentar mesmo assim, quando na verdade, ás vezes é melhor simplesmente deixar ir, ficar insistindo em algo que não tem jeito só nos deixa pior, né?!
Um beijão,
Gabs do likegabs.blogspot.com ❣

Thalita Maia disse...

Tudo na nossa vida que passamos, seja por coisas boas ou não, nos ensinar algo.

Beijos,
www.thalitamaia.com

nnt disse...

Somos livres pra fazer tudo que queremos. Seja nos subjugar a alguém ou ficarmos livres e com nossa paz interior. Relacionamento requer envolvimento mutuo e se os dois não se sentem plenos, não tem como dar certo. Fica bem. Bjinhos <3
https://julietincrisis.blogspot.com.br/

Thami Sgalbiero disse...

Pior que é assim mesmo, somos curiosos ao extremo, ficamos lá até onde dá só pra ver no que vai dar né? Mas no final acaba sendo apenas aprendizado mesmo.

Beijos!
www.likeparadise.com.br

Pollyanna Monyque disse...

"Por mais que você saiba que depois, essa coisa tão almejada não vai fazer bem mais tarde." Melhor frase <3
Somos curiosos, queremos levar adiante até mesmo o que acabou.

http://ondeeufor.blogspot.com.br/
Beijinhos ♥

Fábio Murilo disse...

Hum, que cabeça boa pra tão pouco idade. Parabéns, Nathalia.

Hellz. disse...

OOOOOOI

tudoé mesmo aprendizado, mas é incrível a quantidade de vezes que a gente sabe que algo vai dar errado e mesmo assim teima em tentar só pra ver o circo pegar fogo depois :(
não sei porque o ser humano tem essa mania... eu, principalmente, a tenho D:
não sei se aimagem do post foi você que fez, mas eu achei que fez realmente jus ao texto

beijo
beinghellz.com

Rapha Barreto disse...

Tudo é uma lição na vida.
Quando começamos algo temos em mente já se vamos continuar com aquilo, uma esperança ou se sabemos que o fim é iminente. De qualquer forma, tudo isto vira aprendizado.

Estava com saudade daqui, ótimo 2017!
Abraço,

http://mylife-rapha.blogspot.com