05 maio 2017

Um sentido para fazer sentir


Por mais que  tenho a enfrentado e vencido todas as vezes a sensação de êxtase é extremamente passageiro. Não me dou a liberdade de respirar mais tranquila. Porque sei que ainda não acabou na minha cabeça nada acaba. Ela não me deixa comemorar e já estou preocupada com a semana que vem que ainda nem chegou. Aos poucos vejo que os meus medos ou melhor a ansiedade não são tão monstruosas quanto penso ser. Apesar que é muito fácil falar de algo que ainda nem veio, porém já estou maquinando todas as possibilidade e a maioria negativa.

 Se pudesse descrever a minha ansiedade ela teria esse rosto e esse cenário. 

 Totalmente desprovida de beleza, num ambiente que poderia ser melhor porém preferiu deixar do jeito que se encontra em que nada faz sentido. Uma aguá extremamente suja e um prato da comida que tanto gosto, mas ao olhar no contexto me dá nojo! A ansiedade não me enoja ela só não faz sentido.

Cena do filme Gummo, considerado um dos mais perturbadores. Assista a critica do filme aqui

9 comentários:

Índia C disse...

Olá, td bom?
Fiquei assutada com a imagem, mas preciso dizer, se eu fosse desenhar ou procurar uma imagem para descrever minha ansiedade ela teria rosto e cenário ainda mais feios! :/

Blog: Skull Minds | Twitter | Tumblr | Pinterest | WeHeartIt | Instagram Snap: maisaindia

Bruna Morgan disse...

Ansiedade é uma merda, não dá para aproveitar nada e o corpo fica com uma sensação esquisita. Sei como é :c
Como você tem estado? anda um pouco sumida.

Com amor,
Bruna Morgan

Elcimar Reis disse...

Nossa. Pesado. Acho que compartilho a sensação de nojo acerca da cena da foto! Sério. kkkkkkkkk. Mas ansiedade é complicado mesmo! :/

ACESSO PERMITIDO. ♥
www.acessopermitido.com

Natasha Arruda disse...

Detesto ficar ansiosa por qualquer coisa.

nnt disse...

Não curto o sentimento de pena, mas senti ao olhar essa foto. Ansiedade não é de Deus. Quem nunca sentiu se sinta agraciado.
Beijinhos,
https://julietincrisis.blogspot.com.br

Unknown disse...

Meu nome é Raíza. E eu tinha um blog em 2011. Altmaistres.blogspot.com
Nos trocávamos comentários e conversávamos às vezes. Lembrei de você! Nossa! Quanto tempo! E a Flauta ? Enfim
Qualquer coisa, me manda um e-mail, iza.alcantara1@gmail.com

Nih Ferreirat disse...

Oie! Você visitou o meu blog e estou muito agradecida. Vim visitar o seu e me deparo com o quê? O meu sobrenome: Ansiedade. Tenho transtorno de ansiedade, me acompanha em todos, disse todos, os momentos da minha vida. E, nossa, tô de saco cheio dela!
Me interessei pelo filme e já coloquei na lista de filmes que quero assistir. Parece interessante.
Vou ler outros textos seus, gostei muito daqui, Beijos!

Nivia F.

http://solteiricedemae.blogspot.com.br

Nati Pereira disse...

Oi :)
A minha cabeça me deixa tão perturbada que vira um turbilhão de coisas até resultar em uma crise de ansiedade muito louca que me deixa atormentada. Eu acho que temos que nos dar a chance de respirar aliviadas e não nos preocupar/incomodar com tudo. A vida é tão curta pra perdermos tempo com coisas que não valem a pena.
Fica bem,
Beijos!

Mundo de Nati

Hellz. disse...

Oi!

achei incrível a ligação do texto com a imagem e toda essa personificação da ansiedade. Acho que a minha imagem mental particular seria mais bagunçada ainda.
Já cliquei pra saber sobre o filme porque fiquei curiosa sim!

beijo
www.beinghellz.com.br