05 maio 2013

Nunca escrevi sobre ele





Ele a quem me refiro até o momento não feriu os meus sentimentos.  Pouco tempo de amizade e uma intimidade fora do comum. Não me esqueço que na virada do ano novo ele me ligou, ficamos praticamente 2 horas no telefone o papo como sempre flui com uma naturalidade incrível!

 A quem me refiro, sabe de todas as minhas presepadas amorosas e vise verse. Vivemos na mesma realidade com visões um pouco diferentes, mas isso nunca impediu que nos aproximássemos. Apesar de uma discórdia a qual eu fui equivocada essa amizade teve um final breve, sim um final breve. Com todo o direito e razão "discutimos" ele me mandou  a seguinte frase "Nunca mais quero falar com você". Eu estava estupidamente estupida, li aquilo e fiz ironia, tratei com indiferença.

 Não senti sua falta depois de 3 horas ou 1 semana. Senti sua falta nas madrugadas em que não tinha ninguém pra conversar ou pra perguntar o que eu estava estudando. Ele é um dos poucos próximos  que sabe  a existência do meu blog e do meu sofá vermelho a qual se tornou minha cama. 

 Engoli meu orgulho reconheci minha  estupidez e pedi desculpas. Perguntei se era possível voltar ao que eramos antes. Ele respondeu : Meus afetos por você não diminuíram, você apenas deixou eles de lado por sua vontade.
 Muitos podem falar que a amizade nunca mais é a mesma, mas voltamos e mais íntimos.

 Com a ironia perguntamos como foi esse tempo distante. E descobrimos que fizemos o mesmo caminho, ele conheceu uma garota ficaram por um tempo e no final não deu em nada, diferente de mim ele não sofreu. E agora estamos juntos e "sozinhos" de novo.


 Menino :  Talvez tu esperasse algo mais elaborado ou até mesmo bem mais sentimental, mas como ti disse no trem vindo pra casa, pessoas muito próximas de mim eu travo é como se eu tivesse medo de ti "detalhar". Vai entender.

17 comentários:

Nati disse...

Quando a sintonia é boa, parece que nos conhecemos há anos. Beijos

Maria Emília Santos disse...

Quando a amizade vale a pena, nada pode afastar né!!!

Bjoss

Priscilla Way disse...

Pessoas que são como diários humanos merecem vida longa,batata ruffles de churrasco e muito chocolate! <3

ᄊム尺goん disse...

entao...

recarregue , sorria e sorria.

beijo

Jhosy . disse...

Acho que existem ligações que são mais fortes que nós mesmos com nossos devaneios juntos.

E há distâncias temporárias que trazem aproximações que sem elas, não seria possível viver.

Gostei muito do texto!

Jhosy
http://meninamsicaeflor.blogspot.com.br/

Vinnië Rodrigues disse...

Você havi comentado algo por alto,num post meu. E lembro que havia perguntado por que não volta a se falar. E você me disse: Que era orgulhosa de mais para isso. Mas pelo visto fez oque eu te disse mesmo não dando ouvidos à mim, colocou o orgulho de lado e foi ao seu amigo. Fico muito feliz por vocês verdadeiramente, parabéns à os dois; cuida com carinho dessa amizade que te faz para nunca mais se afastarem, beijos Moça.... Kkkkkk

Por que você faz poema? disse...

Nem sempre é necessário muito,
às vezes somente uma frase,
noutras, até o silêncio.

Loh LS disse...

Nathy eu adoro ler seus textos. De uma simplicidade e sentimentos que transbordam. Acredito que estamos em uma mesma fase. bjão
Heloísa

Froide disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Froide disse...

Essa coisa de orgulho ainda nos causa morte natural (...).
Tem essa pessoa que ficamos amigos, muito amigos e brigamos, e foi feio. E isso vai fazer dois anos. Fazemos a mesma faculdade, por sorte, em turnos diferentes. Mas dei de cara com ele nessa semana e foi a coisa mais bizarra que já passei, nós dois trememos, querendo dizer alguma coisa e só saiu um "oi". Escrevi uma carta, não sei se já recebeu, mas estou pronta pra uma recusa e mais pronta ainda para um "sim". Talvez. Não acho que vá ser como antes, porque o nosso antes ultrapassou a amizade e foi fazer outras coisas que não vão se recuperar, porque foi um engano.

Boa sorte pra você, pra mim e para todos os orgulhosos.

Erika disse...

Achei bonito, vc escreveu como quem conta um segredo quase com medo de alguém escutar. Acho que você sente mais que amizade pelo "menino". achei bonito teu modo de escrever :)

Raquel disse...

Uma amizade verdadeira, podemos sempre retomar :)

Bea Nascimento disse...

Own <3 Amigo assim são para sempre! haha Eu tenho um mais ou menos assim também.
Eu ia colocar aquela foto como capa, mas se meu professor visse minha postura de arco ele provavelmente ia me dar uma chamada XD
Beijo!

Deby disse...

Que bom que vocês voltaram a ser amigos.. Ele parece ser uma cara bacana! ;)

Luana disse...

Acho que o amigo ja sabe bem, nao eh? nao precisa se desculpar ao final do texto...

Nancie Flor disse...

Esse tipo de amizade nunca pode ser deixada de lado. Vc tem q se tornar assassina do seu orgulho se quiser que uma amizade boa dê certo.
Amizades assim ão se encontram facilmente, então aproveite!

bjs da Flor~*

http://bipo-analisando.blogspot.com.br/

annafletcherdublin disse...

a amizade é tudo né? adorei o texto muito bem escrito e me fez relembrar meu melhor amigo :)