18 janeiro 2013

Assisti

Não gosto de ler  sinopse antes de assistir filmes (isso não se aplica aos livros),  percebi que muita delas acabam "desqualificando" o filme, com descrições sem nexo aparentando ser uma linda história de amor entre arroz e feijão.
 A maioria desses filmes assisti ano passado, mas fiquei com "preguiça" de publicar. Na verdade eu queria publica-los, mas me sentia na obrigação de fazer um post longo como a maioria dos blogs fazem. Só que como minha mãe diz eu não sou a Maioria.

Vamos lá:                                                Tomboy
Esse filme assisti ano passado.
Tomboy é um termo criado para caracterizar garotas que têm hábitos ou características típicas de meninos.
Já assistiram algum documentário de pessoas que por exemplo: nasceram homens mas se sentem no corpo mulher e conforme o tempo vão fazendo tratamento para ser "caracterizam" com o mesmo ?
 No filme é +/- que isso que acontece. Laure aproveita a mudança da família de Paris para o subúrbio para fazer novos amigos e assumir uma nova identidade, como Michaël. Mas a farsa ou brincadeira  não poderá ir muito longe: logo o ano letivo vai começar e os amigos, que frequentam a mesma escola, vão descobrir que Michaël é, na verdade, uma menina. Peguei o trecho da sinopse Aqui

E só para complementar sem fugir do foco: Esse é um ótimo video não muito longo com cerca de 18 minutos. Em que homossexuais e lésbicas, contam o quanto foi difícil a própria aceitação e os "pré- conceito" que enfrentaram.

27 comentários:

Bia Hain disse...

Oi, Nathália. Eu não conhecia esse filme, me parece bastante interessante.
Acredito que isso existe mesmo de uma pessoa ser de um sexo e se sentir sendo de outro. O importante é que a sociedade aprenda que aquele que age de forma diferente da maioria não é sinônimo de problema...ele simplesmente não pensa ou sente igual aos outros, qual é o problema?
O livro do Rick Martin, Eu, também conta como ele superou o preconceito das pessoas e sobretudo, sobre ele mesmo.
Um abraço!

Vinnië Rodrigues disse...

Minha net esta uma merdar, assim que der para ver o video, comentarei sobre o post, mas eu sempre prefiro os livros do que as séries e filmes vai entender xD bj

Nicolas disse...

Muito bom. Mandei o vídeo por e-mail para a minha amiga Lésbica rs

Xisdê disse...

Confesso que antes de ler o seu mini texto, fiquei olhando pra figura para descobrir se era menino ou menina. Rsrsrsrs... É uma criança tão linda! A beleza dela é uniforme MESMO!

Sobre o vídeo, a gente percebe pelas histórias que não existe uma fórmula certa (influência da família, escola, relacionamentos amorosos, amigos), que os fizeram ser o que são hoje. São situações inevitáveis! Exemplo disso é o cara que disse que sempre estou em um colégio de meninos, que poderia desenvolver como tal, e se descobriu gay.

ᄊム尺goん disse...

boa!

[contém 1 beijo]

Rapha Barreto disse...

Despertou-me o interesse , vou assisti-lo *-*

Beijos e ótimo final de semana

Jaqueline Guerreiro disse...

É um tema bem complicado né, me interessei por esse filme vou ver!

http://somecontroversy.blogspot.com.br

Dayane Pereira disse...

Oi Nati!
Interessante a indicação de filme. Eu nçao conhecia este, mas a temática é muito interessante, me parece um daqueles filmes que tem uma boa moral no final.

Natalia Francis disse...

Eu adoro Tomboy, é um dos meus filmes favoritos! rs E o vídeo é muito bom também :)

Heloisa Moraes disse...

Nossa, nunca vi esse filme. Assistirei assim que der.

Beijos!

Ju Maria disse...

Não conhecia esse filme, achei interessante! Vou indicar para alguns amigos que são contra a homofobia. ^^

chaiane disse...

Olá, não conhecia esse filme, mas achei muito interessante o tema que ele aborda, vou indica-lo para muitas pessoas que tem preconceito, inclusive para meu pai. :) Obrigada pela sua visita. Adorei seu blog.

Leka disse...

Independeste da opção sexual da pessoa, devemos respeitar a todos.
bjs e boa semana!

Kika disse...

Ain, assisti esse filme no finalzinho do ano passado. Muito bom, passou a ser um dos meus favoritos. Tens o filmow? Se sim, qual o seu link para eu te add.

Bom dia! =)

Eu seu Lar

Nati disse...

Eu já ouvi falar sobre isso, mas não sabia que tinha filme sobre. Vou alugar para assistir, gosto do assunto. Beijos

Mari Mari disse...

Sou doida pra assistir Tomboy, mas não tem na minha locadora, e eu, tapada, não encontro na internet! kkk
Favoritei o vídeo "não gosto dos meninos", e mostrei pra todo mundo aqui em casa. Muito, muito, muito legal.

Vera, a Loira disse...

O efeito surpresa é muito melhor.

Letícia Souza disse...

Uma das minhas cartunistas favoritas fez um dia, uma tirinha inspirada nesse filme. Agora que você fez seu comentário sobre ele me deixou com vontade de assisti-lo! Parece realmente uma bela lição.

Bruna Morgan disse...

Assisti Tomboy esse ano, aiai, filme lindo!

Mariana de J. Leal Souza disse...

NÃO CONHECIA O FILME, MAIS AMEI A DICA.
VOU PROCURAR ASSISTIR.

MARIANA
XOXOXO
futuraindependente.blogspot.com.br

Moça disse...

Adorei a dica!
Acho mto valida toda a tentativa de inclusão!
bj
opinandoemtudo.blogspot.com

Camila disse...

nossa, adorei !
nunca tinha ouvido falar desse filme, mas me parece ser bem interessante !

http://eucontocontos.blogspot.com.br/

Vick disse...

Já vi os dois. Achei Tomboy um filme muito meigo, por que Laure até acha uma namoradinha e é meigo aown... Tem outro filme que é mais ou menos assim e se chama Minha Vida Cor de Rosa, só que o protagonista é um menino. Fiquei tendo conhecimento de Tomboy por causa desse filme, que era uma das indicações na minha apostila de Biologia na escola xD
Eu vi o vídeo ano passado também e gostei bastante (queria mostrar pra minha mamãe só que ela disse que não por várias razões desinteressantes).

Té mais :3

Suzana disse...

uau, que filme interessante.


help-adolecentro.blogspot.com.br/

ઇઉ Amanda Nárgela ઇઉ disse...

A historia do filme parece bem legal. e realmente... aceitação de uma característica já nascida com a pessoa é realmente complicada quando a maioria não vem mto com "bons olhos "essas mudanças... bjin Nathy

Carolina disse...

Assisti esse filme ano passado e gostei muito. Ele é feito de pequenos atos, detalhes e todas essas coisas que nos fazem pensar.
Gostei do vídeo, dos depoimentos. Acho que hoje em dia é mais fácil de lidar com a opção sexual, a cada geração as mentes ficam mais abertas e isso é ótimo.
Adorei o post, Nathi :)

Natália das Luzes disse...

Esse filme é maravilhoso! E eu gostei ainda mias por os pais no fundo aceitarem elx! *-----*