16 novembro 2010

Iหσcêหc¡ค

 Eu tenho uma admiração tão grande, de pessoas que se mantiveram inocentes nesse mundo tão  perverso e mal
Era tão bom, quando não tinhamos preocupações. Pois tinha alguém que estava cuidando de todos eles.
     Ou então...
Quando brigávamos e dizíamos que NUNCA,
iríamos nos falar de novo. Mas em menos de 5 minutos estávamos juntos brincando novamente. rs
 ERA TÃO FÁCIL DE RESOLVER AS COISAS.
 Mas temos que crescer... e deixar um pouco de lado a criancice, e começar a pensar sobre os planos para o futuro. 
 E é ai, que começa os nossos desejos gananciosos e a egocentricidade vai 
"à flor da pele". E parece que a nossa vida se torna tão pacata, pois temos a impressão que estamos em busca " do nada". 
...
Não quero amigos adultos nem chatos.
Quero-os metade infância 
e outras metade velheci !
 Crianças, para que não se esqueçam 
o valor do vendo no rosto, e velhos
para que nunca tenham pressa. [Oscar Wilde]

13 comentários:

Adriano M. O. disse...

Legal o post nathy, só trocaria a inocência pela alegria de viver, sem se preocupar com as coisas alheias.

Silene Neves disse...

Querida Nathy...

Saudades de vc!

Lindo post! O trecho desse poema ficou perfeito! E o poema todo é maravilhoso, eu conheço.

Crescer não é fácil mesmo Nathy... parece que perdemos a proteção e ganhamos responsabilidades não é mesmo? Viver sem se envenenar com o ódio e a arrogância é a grande estragégia para se manter um coração puro ao longo dos anos de nossa vida! Não é fácil... mas é possível!

Beijo Querida!
Sil
Sempre aqui

Max Psycho disse...

No fundo eu acho que ninguém quer realmente crescer, crescer não faz bem a nós, bjus gata

Silvana Villas-Boas disse...

Claro que pode colocar meu Blog aqui no seu.
Achei lindo seu post. Infelizmente a vida vai fazendo a gente perder a inocência. Só com o tempo e com muito amor no coração a gente vai modificando isso. E nos tornando um pouco melhores como pessoas.
Bjusss
Sil

H.Brayan disse...

minha infância é um livro que escrevi muito inspirado e eu o adoro ler, reler ,lembrar e relembrar...
abraços.

ps: espero sua visita

ઇઉ Nárgela Bueno ઇઉ disse...

é eu realmente se pudesse voltaria a ser a criança que pensava apenas em brincadeiras,não tenha responsabilidade e tinha alguém que decidia o que eu tinha que fazer sem que eu questionasse a vida.

bjks amor

Max Psycho disse...

bju na testa dado por este aqui que com certeza é um homem que não presta hehehe

Thiago disse...

Oi Nathy!

Obrigada pelo carinho!
Adorei a pureza do seu texto! Inpregnado de nostalgia daquela fase em que o mais importante é ser feliz. Sabemos que a felicidade está em saber brincar e quando crescemos nos esquecemos disso. Parabéns!

Abraços!

Thiago

Max Psycho disse...

Mnininha linda, um otimo fnal de semana para ti

planet disse...

lindo seus textos amore,tá de parabéns,palavras sábias viu...

Thais disse...

Ownn
Que lindo Nathi, mais um texto maravilhoso.
Como eu queria por mais que nós crescêssemos não tivéssemos de perder a nossa inocência, talvez haveria menos maldade.
Parabéns
Bjus

Mad Hatter disse...

Oiii não sei quem é vc nem como me adicionou no blogblogs mais ja vi que valeu a pena^^ adorei muito o seu blog tanto que queria fazer parceria com vc e outra coisa eu anuncio onde posso o seu blog e vc anuncia o meu se quiser é claro^^
Meu email é jblelouch@gmail.com

Nathaly... disse...

Eu queria a minha inoencia de volta ...nao pensar besteira (ne dona nath) ..eu queria q fosse tudo igual quando eu era criança ...mais facil de lidar nao tinha maldade ...se e q hoje em dia as crianças nao sao mais tao inocentes assim ne...mas o passado nao volta nunca mais...