09 setembro 2012

Joaquim suicidou-se


João amava Teresa que amava Raimundo 
que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili 
que não amava ninguém. 
João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento, 
Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia, 
Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes 
que não tinha entrado na história.
— Carlos Drummond de Andrade

Essa novela sempre me fez rir.

14 comentários:

Lady LoLo disse...

AHUHUAAHU mas não é assim que acontecem as coisas?

ღα૨gѳђ ખ૯૨ท૯૮ઝܟ disse...


Diálogo Bobo
- Abandonou-te?
- Pior ainda: esqueceu-me...
Mario Quintana


Rindo


beijo

Margoh

http://margohwerneck.blogspot.com.br/

Ágata Bresil disse...

Ah, eu lembro de ter lido isso na escola e adorado <3 Muito engraçado mesmo.

Beijos. Tudo Tem Refrão

Júh Britto ♥ disse...

Muito legal esses versos seu blog é lindo ja aceitei la parceria.Passarei sempre por aqui

Bjoss

http://jhdocemel.blogspot.com/

AquilesMarchel disse...

a unica coisa verdadeira são os poemas e preosas fora da televisão
onde tudo se enfeita

a vida real contada por um de meus poetas preferidos
ia!

JAN disse...

É sempre assim... grande 'sacada' do Poeta né Nathy?;-)

Abração
Jan

Moça disse...

e nao é a pura verdade?
sempre temos o dom de gostar de quem nao gosta da gente :<

opinandoemtudo.blogspot.com.br

Hannah disse...

É engraçado mesmo, estes versos de Drummond expressa bem a realidade!

Leka Hernandes disse...

Acho que todo mundo já gostou de alguém e não foi correspondido!kkkk!
bjs!
http://lekahernandes.blogspot.com.br/

Cléo disse...

Ahahah, trágico isso. kkkkkkkkkkk

Cléo - Conheça o blog Vejo Por Aí...

Yasmin Baltazar disse...

Lendo esse texto me lembrei da sinopse de um livro que li esses dias. O nome do filme é Vicky Cristina Barcelona, eu não assisti o filme mas, o enredo de amores não correspondidos seguem essa linha.
bj
conexaoimagineitcs.blogspot.com.br

Natália das Luzes disse...

é sempre assim, os amores mais certos sempre são com aquelas pessoas que nem imaginávamos!

Bia Hain disse...

O amor, sempre difícil de ser uma ciência exata. Um abraço!

Tanara Adriano disse...

e no final ninguém amava ninguém!
hahahaha

adorei teu canto querida!
Siga-me, se quiseres! *__*

beijo!