14 abril 2012

Love Don't Live Here Anymore

Antes: Sobre meu post anterior, tudo aquilo relatado é verdade e aconteceu mês passado, eu não o denunciei pois ele não tentou um estrupo de fato! 


 [...] sabe o que é o amor?
 _ Olha... eu já ouvi falar, mais nunca vivi isso não. Dizem que faz mal, pois as pessoas confundem com aquele negocio besta, chamado Paixão. 

 Chega a ser cômico a minha "frieza sentimental", frieza é uma palavra muito forte, então vamos dizer "racionalismo sentimental". Nesses meus poucos anos de vida, desde do inicio da minha juventude, nunca tive a audácia de dizer que amava alguém, pode parecer estranho, pois qual adolescente com o nível de testosterona elevado, nunca disse que já amou algum menino escroto? Todas as meninas normais já passaram por isso menos, eu. Prazer, me chamo Nathalia.
 Dizem que o amor acontece somente uma vez na vida, eu acredito piamente. 
E hoje, um pouco mais "sabida das coisas" não vejo razões aplausíveis para casar,  eu sei... ainda sou muito nova e blá blá blá. Não me vejo dona de casa por obrigação ou até ser mãe (filho é uma benção, eu sou uma benção pra minha mãe haha), mais essa privação de liberdade não é pra mim e além do mais, não consigo confiar em homem nenhum, lealdade é para os fortes. Acho triste quando o relacionamento se torna uma rotina e os dois se casam porque simplesmente se "acostumaram", rotina?! to fora! Falo isso porque não encontrei alguém que eu diga".. é esse que eu quero acordar de conchinha pelo resto da minha vida".


Enrolei tanto pra chegar aqui: Ele se chama Dallas Green (esse carinha da foto:)suas musicas são viciantes, sua voz é doce e encantadora e nem preciso falar que ele é gostoso. Escuto já faz um bom tempo (vocês podem perceber que o player do blog tem duas musicas dele). Tirei inspiração do post através dessa musica com o titulo " Love Don't Live Here Anymore": "O amor não mora mais aqui"
 Se você quiser ouvir, aqui está  O Video e a LetraSim, a letra é triste, a melodia é triste, a voz do cantor soa triste, ele canta com uma feição triste. É isso que acontece quando você se apaixona e se entrega, normalmente quebra a cara, com certeza isso vai acontecer comigo quando eu me apaixonar - Quem sabe um dia... um diia.. um dia... KKKK  

31 comentários:

Alê disse...

a Nat,

O amor? pode acontecer inúmeras ou somente uma única vez... deixa a vida te trazer essas respostas,



bjkas

Yasmin disse...

Oi, tudo bem, não li seu post anterior, e fiquei chocada, nem posso imaginar o que você sentiu na hora!
Quanto ao seu texto, eu concordo com você, agora que estou mais velha as pessoas vivem me dizendo que esta na hora de eu me arranjar, eu ainda não fiz nada do que eu queria!
Mas talvez algum dia...
http://conexaoimaginetics.blogspot.com.br
bj

Meia Noite e Quinze disse...

Eu nunca senti o amor sabe, por um garoto e não vou sentir muito em breve, tenho certeza disso. Sou uma garota muito diferente das outras. Gostei da música, o cantor é ótimo e a voz é maravilhosa.

Fernanda,
meianoiteequinze.tk

HONORATO, Sandro disse...

Olá :)
Hum...não sei falar mais sobre o amor,é complicado >.<

Gostei da música :)

Beijos e cuide-se

www.rimasdopreto.com

JAN disse...

Oi Nat
Um dia você vai esbarrar com alguém com queira "acordar de conchinha"... se não for pra sempre, valerá o quanto durar.

Abração
Jan

Harley Quinn ❥ disse...

Queria eu poder ter esse racionalismo sentimental viu...

A VIDA É UM ETERNO APRENDIZADO disse...

Bom dia amiga!

Às vezes me pergunto porque ouvimos músicas tristes quando nos apaixonamos?Devíamos ouvir músicas alegres cheias de vida rs.
Mas o ser humano é engraçado mesmo.
Grande abraço
se cuida

Leka Hernandes disse...

Eu também já pensei assim no passado...digamos que eu era uma nathy também!kkkkk!
Mas aí o tempo passou, as coisas foram mudando e hoje estou com alguém muito especial e me casei!kkkkk!

Valeu pela força lá no blog...se Deus quiser tudo vai dar certo!
bjs e boa semana!

Rapha Barreto disse...

gostei do texto, mas tu falas isso porque ainda não se apaixonou. O mundo parece bem mais divertido e fá cil quando somos mais jovens - e mesmo assim qualquer coisinha pode parecer o fim do mundo.
Quando era mais nova tinha alguns outros conceitos, muita coisa mudou e com forme o tempo passa você aprende a diferença entre amar e se apaixonar. Poderá dizer que se apaixounou muitas vezes, mas que amou poucas - afinal tu deves também amar teus pais.

Amanda Sanches - Camila Sanches disse...

Sei lá, essa coisa toda de amor é muito complicada. Eu já desacreditei tantas vezes que exista um amor verdadeiro neste mundo, mas não me conformo em não acreditar mais no amor. No fundo eu ainda acredito. Por isso não acontece pra mim hahah'
acho que o amor só acontece para quem não acredita nele, ou seja, logo logo acontece para você hahahahah

bjs:*

*♡* Jane Dos Anjos *☆* disse...

Euuuu Jane dos Anjos, preciso que minhas filhaaaas sejam como vc!
Me dá dica, eu falo mesmo pra elas, que homem não vale a pena e que ter um filho é responsabilidade demais e para poucas ou poucos casais.
Eu sei que vc pode estar pensando, a Jane é casada e se diz bem casada, tem filhos e diz que os ama, então por que ela fala isso?
Falo por que eu sei o quanto casamento é dificil, o quanto é dificil manter as mil maravilhas, sei como filhos mudam nossa vida, mudam a gente.
Nathy vc não imagina, não faz ideia de como é o medo de vc morrer primeiro que seu filho, ou de que alguma coisa terrivel possa acontecer com eles, é uma ipotese tão terrivel em minha vida, que eu não quero isso para minhas filhas e meu filho, não quero, acordo todos os dias e só peço uma coisa a DEUS que ele jamais me coloque a prova assim.
Eu recomendo sim a vc, não se case, não tenha filhos, é uma dadiva que poucos conseguem carregar, graças a DEUS eu sei carregar a minha dadiva, mas eu sei por que não tive infancia, não tive tempo de ser criança, nem de estudar e pensar alto na vida, por isso digo e repito todos os dias aos meus filhos, estude o maximo que puderem, corram atrás de seus sonhos, e se um DIA, algum DIA magico acontecer de vcs encontrarem alguém que ralmente VALE A PENA, aí sim, vcs podem pensar em se casar e filhos? Pra que filhos, tem muita criança precisando de um papai e uma mamãe. Parece estranho eu falar assim, mas quero ensinar o que acho certo aos meus filhos, quero mostrar um mundo que eu só conheci depois que eles nasceram.
Vc tá cera menina... continue assim, mas não se esqueça, a solidão tbm pode ser dificil, tão dificil quanto um casamento, vc precisa estar preparada se decidir em não se casar!!

EU AMEI O CANTOOOOR... ESTOU AQUI ARRANCANDO MEUS CABELOS!!
UAAAAU!! É A ADELE DE CALÇAS!!
Bjs Flor e se cuide viu, cuidado com o tarado!!
Rsrsrsrs...=D

Ágata Bresil disse...

Estou cursando produção musical e realmente adoro descobrir artistas novos, é sempre muito bom.

Ainda bem que o cara não tentou nada né? Juro que tenho uma raiva que nao gostaria de ter, vontade de bater em gente que faz algo assim.

Beijos. Tudo Tem Refrão

Nicolas disse...

City and colour... Eu conheço. E por mais que não seja o estilo de música que eu costumo escutar, eu gosto e tenho 2 músicas no Ipod.
Odeio falar de amor. Odeio textos românticos por que eu odeio pensar em amor. Concordo plenamente quando você diz que o casamento transforma o amor em rotina, e eu tenho exemplos vivos disso.
Não é que eu seja um cafajeste sem coração ou então que eu não acredite em amor. Não é nada disso. Só acho que a sociedade impõe o amor ("se apaixone, se apaixone!") de uma forma escrota pra caralho.

Nicolas disse...

Obs: eu li o texto que você disse que lembrou de mim. Realmente, eu adorei rs

♥ Luciana de Mira ♥ disse...

GOstei muito de ler seu texto, você escreve bem :) Beijinhos!

Cléo disse...

Florzinha, tipo assim...eu entendo tudo o que você quis dizer, e dentro do texto você mesma afirmou: "...ainda sou muito nova e blá blá blá..."
Mas posso te dizer com franqueza que já me apaixonei várias vezes quando era adolescente, e até confundi paixão com amor ( maldito Titanic) kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Eu já pensei exatamente assim como você até o dia em que conheci o meu esposo. Ali sim posso dizer que foi amor à primeira vista. PAixão não, amor mesmo.
Eu soube ali que ele era o homem da minha vida, o homem com quem eu ia viver ao lado até durar o sempre.
O amor não é assim tão fofinho e romântico como as pessoas descrevem nos filmes, livros ou na vida real memso. É mais sério, mais careta e sem aquelas melosidades.
Amor nem é sentimento. É decisão.
Quando você decide amar alguém, você quer fazer o bem, cuidar, você não se enciúma por qualquer bobagem, pois quando existe amor de verdade, existe a certeza do que o um significa para o outro. Existe o perdão, a mansidão, o cuidar do outro quando ele adoece, ter saco pra aturar sua tpm ou uma crise de raiva, não te olhar diferente quando você soltar um pum dormindo, querer você mesmo quando o cabelo ta desarrumado e além do bafo matinal.
Amor é isso.
Um dia você vai se deparar com ele, o amor, e compreenderá que é bem diferente do que muitos amigos seus já descreveram. :)

Beijinhos!!

Ágata Bresil disse...

Ainda não li nada do André Vianco, mas depois que você falou vou procurar pelos livros.

Beijos. Tudo Tem Refrão

Portifolio das Letras - Juliana Martinelli disse...

meu namorado adora esse cara rsss

@littlepistols
http://portifoliodasletras.blogspot.com.br/

Jeniffer Yara disse...

"pois qual adolescente com o nível de testosterona elevado, nunca disse que já amou algum menino escroto?" - PURA verdade, infelizmente sou uma dessas adolescentes que já disse isso a um menino escroto --' HAUSHAUS Eu ainda sonho em me casar...Não ser dona de casa nem nada, tenho 18 e nem sei fritar um ovo ainda e não me envergonho disso u.u Mas sei lá, amar alguém de verdade e isso ser recíproco, me levaria ao casamento, eu acho. rs

Vou ouvir o artista, ele é LINDO mesmo <3

Beijos
Meu outro lado

ღα૨gѳђ ખ૯૨ท૯૮ઝܟ disse...

/toda a forma de amar, vale amar/

adorei a voz do carinha...

saudade de ler tu.


beijo

Emilie S. disse...

Engraçado você falar isso porque ainda é nova pra essas coisas. Ainda vai acontecer. E quando acontecer tomara que não seja dolorido. Tomara que dê certo. Amor não correspondido é uma droga. Ninguém quer isso pra os outros.

Sobre o cantor: eu ri da parte do "ele é gostoso". Eu casaria com ele,fácil fácil ;)
E a voz do rapaz é gostosa de ouvir. Já a letra da música é uma fossa (literalmente).
Emilie Escreve

Carol Oliveira disse...

Não conhecia o Dallas Green. Fui ouvir "Love Don't Live Here Anymore", e adorei. A voz dele é ótima, a letra é ótima. E depressiva, mas eu gosto de letras meio depressivas HAUHEUAHUEHUEAH ;P

Sobre seu post, concordo totalmente. As pessoas confundem "amar" com uma paixonite. E confesso que já fiz isso também HUAHEUHA Garotas de 13 anos não tem cérebro, ok q
Ainda não achei meu par da conchinha, e sou tão desacreditada dessas coisas que não sei se ainda vou achar. Nem sei se ele existe, perdido em algum lugar. Mas né, o negócio é esperar a vida dizer. Vivo muito feliz assim, por enquanto.

Beijo,
muggle-world.blogspot.com

Anna Monte Alegre disse...

Oiii
eu nao conhecia esse cara... legal a musica.. obrigada por compartilhar!
bjsss

Nos Amando... disse...

troca não mais sentir os dois
no amor tem que ter paixão
linda noite
bjs

Sheila Lima disse...

O Doce Sonho de Menina tem o prazer de informar que acaba de inaugurar o blog para divulgação dos "Parceiros do DSM", e te convida a participar da equipe do blog, onde você poderá postar a divulgação das novidades de seu blog.

Para saber todos os detalhes, visite a seguinte postagem:
http://www.parceiros.docesonhodemenina.com.br/2012/04/seja-bem-vindoa-ao-blog-dos-parceiros.html

Leia tudo com muita atenção e dê a sua resposta no mais tardar até segunda-feira. Caso queira participar do blog, siga as instruções no final do post, no ítem: "Para participar da equipe".
Caso não queira, deixe sua resposta no mesmo post. Não se preocupe, seu blog continuará nos parceiros mesmo assim.

Desde já, agradeço por sua colaboração.

Mil Sweetkisses ♥
www.docesonhodemenina.com.br

Jaqueline Guerreiro disse...

Que bom que gostou do tuto *-*
e sim eu mesma faço elas desde os 13, e uma nunca fica idêntica a outra UIOSAUISAO mais obrigada pelo elogio <3

nunca tinha ouvido falar desse cantor e acredite, eu to namorando mais não sei mais se é AMOR, mais quem sabe um dia eu encontre de verdade e você também, né

http://somecontroversy.blogspot.com.br/

Marcos de Sousa disse...

Já acreditei que o amor acontecesse apenas uma vez, hoje penso diferente. Existem várias formas de amar uma pessoa. Hoje acredito que todo amor é único, mas que pode-se amar mais de uma vez.

Beijo

Karine Tavares disse...

Muuuuuuito bom! Perfeito! Parabéns!
Vc conseguem unir imagem e escrita de uma forma muito delicada e teu blog tem uma qualidade enorme!

leiakarine.blogspot.com

Ludi disse...

As vezes me pergunto se amor não seria só mais uma invenção... ideiais utópicos... vai saber? Há quem diga que sente... mas perto de mim, nunca vi!

Marcela Miranda disse...

Amor.. eu nem sei o que é isso ainda kk, mas penso igual a você, não me vejo sendo uma esposa, filhos, marido. Vishe to fora KK.
Enquanto a musica eu adorei, e a letra é bem triste.
Beijos, beijos.

http://itgirlsiempre.blogspot.com.br/

Marcelle Monteiro disse...

Infelizmente eu sou aquele tipo de garota que se apaixona, por um otário que seja. Mas agora acho que não mais, acho que finalmente estou com medo. O medo pode ser bom dependendo do ponto de vista, e no meu caso faz com que eu tenha medo de me apaixonar de novo, pode ser bom, talvez.
http://mundrose.blogspot.com.br/