17 outubro 2011

Melancia - Marian Keyes



                            Melancia.        
                                         O Drama da garçonete Claire, abandonada pelo marido após dar à luz uma menina, logo depois que ele confessa ter um caso com uma vizinha também casada. Com a auto-estima em baixa, 29 anos e a forma física aparentando a de uma melancia, Claire resolve voltar para a casa da família: o pai à beira de um ataque de nervos, a mãe com fobia de cozinha e viciada em telenovelas e duas irmãs. Uma, destruidora de corações; outra, fanática pelo ocultismo.                                          Leia a resenha completa Aqui

Minha opinião: o livro  conta uma história que ainda não vivi (e nem pretendo), achei super interessante a dinâmica de como ela aborda  tais acontecimentos, apesar de conter palavrões (como filho da puta), deixa a leitura mais engraçada e gostosa. Eu me identifiquei PERFEITAMENTE com ela  sabe aqueles pensamentos que só nós mulheres temos? "Exemplo: Ele está lá sentado, tenho certeza que se eu passar na frente, ele vai olhar pra minha bunda, não acredito que coloquei logo essa calça está velha e muito frouxa, além dele olhar pra minha bunda vai achar que ela é caída, legal queimei meu filme". Entendeu homens?  são esses tipos de coisas.
 ...
Trecho retirado do livro 
Meu Deus! Eu detestava aquela história de ser adulta. Detestava tomar
decisões quando não sabia o que haveria escondido por trás da situação. Desejava
um mundo onde as coisas boas e más tivessem rótulos claros. Onde música sinistra
começasse a tocar no instante em que o vilão aparece na tela, de modo a não se poder confundi-lo com o mocinho.
Onde o que lhe pedem é para escolher entre brincar com a linda princesa, no
jardim perfumado, ou ser devorado pelo monstro horroroso, no fosso fedorento.
Nada de muito difícil, entende? Nada que force a pessoa a se angustiar a respeito
nem que lhe tire o sono a noite inteira.

13 comentários:

Jaqueline Guerreiro disse...

adeee sempre quis ler esse livro, dizem que é bem interessante!

beijo
http://somecontroversy.blogspot.com/

*♡* Jane Dos Anjos *☆* disse...

POxa o livro parece otimo!! Adoro historias assim, cheia de descontração e uma pitada de humor e verdade!!
Se os homens soubessem o que se passa a cabeça de uma mulher, eles pirariam!! Rsrsrsrsrs... Bjs

*♡* Jane Dos Anjos *☆* disse...

Nathy a coisa aqui está tensa, acordo cedo e durmo tarde, isso não vai dar certo pra mim!! Kkkkkkkk... E que bom que nesse horario sua mami fica mais calmo, sei bem como é coração de mãe!! Bjs

Fernanda Iasi disse...

menina... não sou de comentar mas... interessante é você! parabéns e obrigada por me seguir. Bjo!

Wanderly Frota disse...

Parece ser ótimo, quero ler em breve.

Obrigada pela visita Nathy.
Tornei-me seguidora!

Leka disse...

Você falando, a forma como vc descreveu fiquei atá curiosa de ler...mas se visse apenas na loja acho que nem ia reparar!kkkk!
Gostei da dica! bjs e boa semana!

HONORATO,Sandro. disse...

Nath :)
Esse eu nunca li e nem tinha ouvido falar :(

Beijos e uma excelente semana
Tudo de bom ae

Lilita disse...

Estou há um tempo querendo ler este livro e por uma coisa ou outra não leio.
Sabe que livro deste estilo li agora que adorei?? Chocólatras! É muito bom!! Faz lembrar a Bridget Jones por momentos.

Sheila Lima disse...

Nossa, parece ser um ótimo livro... Se eu tiver oportunidade, vou ler (amo ler).

É, o preconceito racial para mim é um dos mais irracionais, não faz o mínimo sentido descriminar alguém por causa da cor da pele. Eu nasci no dia da consiência negra e não tenho o mínimo problrma com isso, do contrário, amo o fato de ter nascido numa data tão importante (não é só porque é feriado aqui no Rio não... Mas também ajuda... Hihihi...). O importante é não se deixar abalar, e seguir em frente. Eu sempre procurei não ligar muito para a opinião alheia, sabe, é impossível agradar todo mundo... Se não vivermos do jeito que nós somos, quando é que vamos viver de verdade, não é mesmo? A vida é curta demais para perdemos ela com uma mentira...

Mil Sweetkisses ♥

Tsu disse...

Oi Nathy!
Obrigada pelos parabéns *_*. ASHAHSAHSAHS eu gosto de manter meu cantinho arrumado...não suporto ver bagunça excessiva nas minhas coisas rs.
Nhaa o bolo foi prestígio *_*
bjs

http://www.empadinhafrita.blogspot.com

Kell disse...

Puuutz!
Eu amooo esse livro, ele é muito bom, super bem escrito e engraçado!
Tenho ele na versão pocket, mega fofo *-* HAUHAUAHUA

Agora, preciso arrumar tempo e dinheiro pra comprar os outros livros da autora, que também devem ser excelentesss! ;)

Beijokas,
Kell ^^
http://jornalkell.blogspot.com

andrebdois disse...

brigadaoo pelo comentario no meu postt :) seu blog eh maravilhosoo. parabens!!

Fyona e Feiona disse...

Sabe esses dias a turma não estava a fim de ter aula de química, o prof é gente boa então começamos a conversar sobre livros, ai comentaram sobre este livro, na verdade eu achei o nome um tanto sinistro, mas lendo seu post me deu vontade de ler essa história, com certeza eu entenderia o significado deste título.
bjos