16 março 2011

Relatos no trem

 Eu  faço curso e pego trem frequentemente, uma das coisas que acho engraçado, é quando eu pego um vagão onde tem várias pessoas lendo.Acho isso um maximo, ai eu dou aquela olhada em volta e vejo se tem alguem com o livro mais grosso que o meu kkk. Até agora já superei todos ahaha.
               .  .  .
 Eu tenho um gosto bem excêntrico isso é sério. Sabe aqueles uniformes dos maquinistas ou dos próprios controladores operacionais: calça cinza,blusa social azul clarinho e uma bota preta parecida com coturno,  véiiiooo tem uns maquinistas que ficam Sexys =p, eu desço na estação final  e lá é onde eles batem cartão  ou vão almoçar , eu acho, pois tem vários com esse uniforme lindo kk.                                                                                    .   .    .
 Uma vez estava voltando pra casa , e uma mulher com uma senhora de idade estavam sentadas na minha frente, e a mulher resolveu sentar do meu lado, e como sempre eu leio bastante, estava lendo (O Símbolo  perdido) e ela me pergunta se o livro é espírita e eu com toda simpatia: _ não não, esse livro é misterioso e muito interessante ^^, e assim fomos conversando durante a viajem. Ela se chama Eliane (rá lembrei o nome dela), ela é professora na rede Estadual e momento estava de licença, pois ela perdeu um filho de 22 anos quando ele estava saindo da faculdade, foi assaltado reagiu  e morreu.
                                             .    .   .
 Nem vou comentar daqueles que escutam "supostamente musicas" sem o fone de ouvido u.ú
.     .      
Ptuz, sabe o que me deixa P* da Vida, é quando estou dentro do trem" vamos supor" na plataforma "1" e na outra plataforma tem o trem "2" estacionado à qual eu preciso pegar, e como lá é  terminal, então os trens ficam de 10  a 20 minutos parado,  sabe o que acontece quando o trem "1" em que estou abre a porta?
                                                           O trem da plataforma "2" sai

Haaa ollha que legal : peguei conjuntivite ¬¬

6 comentários:

Max Psycho disse...

Interessante o fato das pessoas conseguirem ler em conduções, eu me desconcentro tod, extamente por causa de alguém sempre puxar papo, e di boa, achar maquinista sexy, c tá beliscando azulejo já ein?

Paulo Francisco disse...

Eu leio até andando na rua (esquisito, né). Sempre li em conduções, apesar de ser superperigoso, por causa do deslocamento da retina (um horror).
Com relação ao trem, também viajei muuuiiiiito de trem no Rio. trabalhei, estudei até o mestrado andando de trem.
Vi cada uma! um dia eu conto.
Um beijo.

Borboleta no Casulo disse...

Música alta em coletivo não rola jamaisss!!
Odeioooo!!
Bjs

Vanessa disse...

Eu mato se estiver perto de mim!

Não rola!

Bjs

ღ Sensitivity ღ disse...

Infelizmente eu não consigo ler em movimento, risos, carro, trem, etc. Fico tontinha. Beijinhos.

Silene Neves disse...

Oi Nathy Querida!

Esse seu blog tá ficando cada dia melhor!

E essas histórias... são ótimas... e algumas tristes!

Sobre os maquinistas... rsrs! Vou te contar um segredo: eu adoro ver um homem subindo em uma moto! Será que isso quer dizer alguma coisa?! kk

Repare bem na rua e veja se não é provocante! rsrs

Meus beijos e meus carinhos tbm!

Sil